23 de abril de 2009

Cova da Moura, bairro da cidade de Lisboa, em exposição na cidade de Nova Iorque

Cova da Moura em exposição na cidade de Nova Iorque A Cova da Moura, bairro da Grande Lisboa de população maioritariamente cabo-verdiana, pode ser vista em fotografias do português Alfredo Muñoz de Oliveira. As fotos integram uma exposição que abriu esta quarta-feira, na cidade de Nova York. Organizada pelo Departamento de Estudos Africanos da Universidade de Nova Iorque, a exposição estará patente até 30 de Junho no Schomburg Centre for Reserch in Black Culture e integra trabalhos de fotógrafos galardoados, fotojornalistas e activistas de direitos humanos de países como Portugal, Espanha, Itália, França, Alemanha, Holanda, República Checa e Inglaterra. “They won’t budge” (Eles não sairão) é o nome escolhido para esta exposição que agrupa mais de cem fotografias e vídeos sobre a diáspora africana por terras do sul da Europa. O nome é inspirado na música “We Won’t Budge”, de Salif Keita e que em 2003 foi adoptado como título para o livro de Manthia Diawara, professor da Universidade de Nova Iorque e co-editor de livros sobre os povos africanos. A Semana, 23 de Abril de 2009