2 de julho de 2009

Lisboa: 34 anos depois, Cabo Verde fala e canta independência

Lisboa: 34 anos depois, Cabo Verde fala e canta independência Olhares cruzados sobre Cabo Verde 34 anos após a Independência será o centro de uma conferência que terá lugar na Universidade Lusófona, sexta-feira, pelas 17H00, no âmbito da evocação da data histórica. A conferência contará com particular presença de estudantes cabo-verdianos de sectores académicos de várias cidades, mobilizados pela União dos Estudantes Cabo-verdianos de Lisboa. Debate coordenado pelo diplomata Eduardo Jorge Silva e Teresa Damásio da ULHT, o encontro terá como oradores Fredric Mbassa, José Luís Neves, Rony Moreira, Suzano Costa, Nilson Mendes e Démis Almeida. Para além das comemorações este ano centradas oficialmente no Seixal, com a presença do primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, haverá várias realizações um pouco por todas as zonas onde se concentram as comunidades populacionais de Cabo Verde. Também no dia 3, haverá, na Universidade Nova de Lisboa, uma festa organizada pelo Núcleo dos Estudantes cabo-verdianos para comemorar a independência, em ambiente jovem e familiar. Este sábado dia 4 , no “Armazém F”, junto ao Rio Tejo, o 34º Aniversário da Independência de Cabo-Verde será celebrado ao som de músicas conhecidas como: Narina, Batuku, Alegria, Estudante, entre muitas outras. Músicas de Orlando Pantera e Ildo Lobo, cantadas e tocadas por um leque "Especial" de artistas cabo-verdianos, dão ritmo a uma Gala com início às 20 horas e que promete muitas surpresas. A Associação de Solidariedade Social, do Alto Cova da Moura, organiza para o dia 11 de Junho a festa evocativa, juntando também as celebrações do dia da Independência de São Tomé e Principe e o Festival Internacional de Capoeira, Percursão e Danças. Haverá um cortejo a partir das 15h30 pelas ruas do bairro e a actuação de dez grupos de artistas, com músicas e danças alusivas especialmente aos países de língua comum. Entretanto, no passado dia 27, com a colaboração da Câmara de Évora e organizado pela “Etnia”, teve lugar um espectáculo cultural de Cabo Verde nesta capital património da Humanidade, com a actuação da grande cantora da morna Titina e outras artistas cabo-verdianos. Ol A Semana, 2 de Julho de 2009