5 de dezembro de 2009

África do Sul e México inauguram Mundial 2010



África do Sul e México inauguram Mundial-2010

A África do Sul, anfitriã, e o México realizam a 11 de Junho de 2010 o jogo inaugural do Campeonato do Mundo de Futebol do próximo ano que aconteceu pela primeira vez no continente africano.

Os sul-africanos, no Grupo A, juntamente com o México, Uruguai e França, apesar de jogarem em casa com o apoio do público, vão ter muitas dificuldades para transitarem à segunda fase da prova, uma vez que os seus adversários contam nos seus plantéis com jogadores de valor reconhecido neste tipo de competições. Aliás, a França, independentemente de ter conseguido a qualificação de forma “fraudulenta”, foi finalista vencido na última Copa.


Entretanto, a Costa do Marfim de Drogba, outra selecção africana, vai cruzar o caminho do colosso Brasil, no Grupo G, onde ainda está Portugal e a Coreia do Norte. Sem menosprezar as outras selecções, os costa-marfinenses têm largas chances de irem mais longe na prova, concorrendo a segunda vaga da série com os portugueses e norte-coreanos, uma vez que os brasileiros têm já “praticamente” o apuramento assegurado.

O Gana, uma das selecções mais fortes do continente anfitrião, no Grupo D, terá que enfrentar a Alemanha, Austrália e Sérvia, três combinados bastante agressivos na sua forma de jogar, enquanto os Camarões, de Samuel Eto’o, vão medir forças com a Holanda, a Dinamarca e o Japão.

A Argélia, que colocou fora de qualificação o Egipto nos “play-offs”, calhou num grupo um tanto ou quanto acessível, se considerarmos que, à excepção da Inglaterra, os restantes opositoresm, nomeadamente, Estados Unidos e Eslovénia estão, muito bem, ao seu alcance, bastando para isso maior concentração.

A Nigéria, que está neste Mundial com um dedo de Moçambique, vai ter que suportar a selecção dum dos melhores jogadores do Mundo, Lionel Messi, e dum dos treinadores polémicos, Diego Maradona. Referimo-nos a Argentina. Completa este Grupo B, a Grécia e a Coreia do Sul.

Finalmente, a Itália, actual detentora do título, parece ter tarefa facilitada, pois terá pela frente, no

Maputo, Sábado, 5 de Dezembro de 2009:: Notícias