12 de fevereiro de 2014

O Resultado da Ditadura do Directório Bi-Partidário, Após a Última Revolução Portuguesa!



Pobres em Portugal: 2,1 milhões de pessoas.

Desempregados: 800.000.

População Prisional: 11 535, dos quais 10 923 são homens e 612 são mulheres.

Emigrantes Portugueses: 2,5 milhões pelo mundo fora.

Crianças portuguesas com fome: 300 mil.

Idosos na solidão: 12 mil idosos a viverem sozinhos ou na solidão (Censo da GNR).

Portugueses sem Médico de família: 1,5 milhões segundo o Tribunal de Contas.

Pessoas sem abrigo: 2.200.

Preços Combustíveis: dos mais altos da Europa e do mundo, Gasolina €1,60, Gasóleo € 1,43.

Desigualdades Sociais: 20% de portugueses mais ricos apresentavam rendimentos oito vezes superiores aos 20% mais pobres.

Remunerações dos conselhos de administração das 20 empresas portuguesas cotadas na Bolsa quintuplicaram entre 2000 e 2009. Paralelamente, os gestores das empresas portuguesas ganham, em média, cerca de 30 vezes mais do que os trabalhadores das empresas que administram.

100 maiores fortunas de Portugal valem 32 mil milhões de euros que corresponde a 20% da riqueza total nacional.

PIB Portugal: 166 mil milhões de euros.

19,8% dos habitantes em Portugal vivem com menos de 414 euros por mês.

21,4% dos portugueses vivem em privação material, (dificuldade, por exemplo, em pagar as rendas sem atraso, manter a casa aquecida ou fazer uma refeição de carne ou de peixe pelo menos de dois em dois dias).

14,1% por cento dos indivíduos vivem em casas sobrelotadas.

População portuguesa abaixo do índice de pobreza: 20% - 2 milhões de pobres, sendo que 1/3 reformados, 22% são trabalhadores remunerados, 21,2% são trabalhadores por conta própria.

4,4% da população portuguesa (460 mil) sofre sérias perturbações no acesso a alimentos.

Défice do Estado Português em 2010: 14,3 mil milhões de euros, o que corresponde a 8,6% da produção final do país em bens e serviços (PIB).

25% das crianças portuguesas que entram na escola (375mil) vem de famílias onde a pobreza é extrema.

Dívida Pública Portuguesa: € 153.862.000,47 (87% do PIB).

Juros anuais da dívida pública portuguesa: Segundo o INE, em 2010, os juros da Divida Pública atingiram 5.195 milhões em 2010.

Dívida externa Portuguesa: € 415,5 mil milhões de Euros (cada Português deve € 41.500,00).

Défice da balança comercial portuguesa de transacções em 2010: € 4,7 mil milhões de Euros;

Beneficiários do Rendimento Social de Inserção: 379.849

Salários dos principais gestores públicos em 2010: Presidente da TAP (Fernando Pinto) € 624.422,21 (igual a 55,7 anos de salário médio anual de cada português), o Presidente da CGD (Faria de Oliveira) recebeu em 2010 € 560.012,80 (igual a 50 anos de salário médio anual de cada português) e o seu Vice-Presidente (Francisco Bandeira) recebeu € 558.891,00, Salário anual do Governador do Banco de Portugal 243 mil Euros, Salário anual do presidente da Anacom: 234 mil Euros.


Fonte: democraciaemportugal.blogspot.com, 10 de Fevereiro de 2014